cartaocard
Carregando...

Usar sites como MercadoLivre para fazer empréstimo é ilegal

Algumas pessoas descobriram uma estratégia milagrosa para sacar dinheiro do cartão de crédito, parcelado em até 12x e com juros a partir de 1%, o grande problema é que esse tipo de “empréstimo” é ilegal e pode gerar prejuízos ao consumidor. Neste artigo explicaremos o porquê você não deve usar sites como: MercadoLivre, Mercado Pago, PagSeguro, etc, para fazer empréstimos através de operações simuladas de compra e venda.
A estratégia – que é ilegal – funciona da seguinte forma: A pessoa cria um anúncio em sites como Mercado Livre ou usando o PagSeguro (ou plataforma similar) no valor que está precisando, daí ela mesmo faz a compra do produto (usando a própria conta ou a de um parente), podendo parcelar a transação em até 12x (com ou sem juros, dependendo do formato de anúncio).

O grande problema está na ilegalidade desse procedimento, que vai contra a política dos sites. Além disso, se a administradora descobrir pode abrir um processo contra você, pois a pessoa está “burlando” o sistema financeiro, além de cometer falsidade ao forjar a transação comercial na internet para benefício próprio.

Riscos:

  • Site descobrir e bloquear o valor pago no cartão de crédito – Até conseguir provar que a compra é “lícita” o titular do cartão de crédito pode acabar tendo que pagar pela transação.
  • O site fazer o estorno da transação em virtude da fraude – Daí a devolução do dinheiro pode demorar até duas faturas subsequentes para acontecer, fazendo com que o titular tenha que arcar com a transação até que o cancelamento seja confirmado e, eventuais, parcelas que foram pagas sejam devolvidas.
  • O site excluir a sua conta.
  • A administradora do cartão de crédito descobrir e, por isso, cancelar unilateralmente o seu cartão de crédito em virtude da fraude ou por Desinteresse Comercial.

Você pode até combinar com algum parente ou amigo de fazer o empréstimo usando esses sites – dificultando com que a fraude seja descoberta – mas precisa estar ciente dos riscos e da ilicitude do ato.

Ao sacar dinheiro no cartão de crédito no caixa eletrônico ou pela central de atendimento o consumidor precisa pagar um juros e o IOF (Imposto sobre Operações Financeiras), imposto esse que não é cobrado nas compras convencionais.
informações 6335894594956535098

Página inicial item

Veja também